MPBRock Brasil

Pitty anuncia selo para novos artistas

Pitty

A inquietude de Pitty mostrou suas garras nessa pandemia. A cantora e compositora baiana, que é puro rock and roll, não parou um só minuto no último ano, lançando uma série de conteúdos, mesmo praticando com rigor o isolamento e distanciamento social.

Sempre envolvida em todas as fases de produção da sua arte, Pitty lançou nesta semana o clipe de “Motor”, último single do álbum “Matriz” (Deck/2019). No vídeo, dirigido por ela mesma, a cantora interpreta a música encarando a câmera em plano fechado, com os ombros nus, em uma fotografia preto e branco, mantendo o clima clássico da canção.

Ao mesmo tempo, Pitty concretiza um sonho antigo: a criação do selo próprio, o Casulo, para lançar projetos com jovens talentos da música brasileira contemporânea. “Com o Casulo, o que eu pretendo é dar oportunidade ao inusitado, ao que não tem chance dentro de um mercado que se repete constantemente”, resume, ao falar do projeto. “Venho acompanhando o que a galera nova está apresentando e tem coisas originais, incríveis, que ficam à margem de onde poderiam chegar, às vezes por falta de divulgação, de uma estrutura”, completa a artista.

Batizado com o mesmo nome do programa de seu canal na Twitch, e com apoio de marketing e distribuição de sua gravadora, a Deck, o selo Casulo tem a sua estreia oficial prevista para o segundo semestre.
Entre os lançamentos com as bênçãos do Casulo, Pitty ajudou a produzir os lançamentos de faixas com Pupillo, Jup do Bairro + BadSista, Drik Barbosa + Weks e Monkey Jahyam + Mau. Durante dois meses, Pitty recebeu cada dupla de artistas, em dias separados (com exceção de Pupillo, que foi sozinho) e, juntos, gravaram uma música em cada encontro.

Deixe uma resposta