Videoclipes

Plataforma de Lançamentos – nº 19

Chegamos a mais uma edição da Plataforma de Lançamentos com os novos videoclipes da dupla Hot e Oreia; de Frejat com o auxílio luxuoso de Jards Macalé em parceria dos dois com o saudoso Luiz Melodia; da multitalentosa e multitarefas Chris Fuscaldo e do trio brasiliense Ellefante. Assistam os quatro clipes pois, como diria o grande Melodia, eles valem quanto pesam:

Antropofagia à brasileira

O longa-metragem Bacurau é a maior referência para Hot e Oreia no seu mais novo clipe que une as faixas “Domingo” e “Presença”, de autores e propostas tão distintas mas que se fundem num banquete antropofágico. Dirigido por Belle de Melo e com produção da Cave, o filme faz várias citações às artes plásticas – em particular aos aos quadros  “Antropofagia”, de Tarsila do Amaral; “A Sereia”, de Alfredo Volpi; “Exu Black Power”, de Abdias do Nascimento; e “A Última Ceia” de Leonardo da Vinci – e, de quebra, resgata parte do discurso de Caetano Veloso no Festival Internacional da Canção (FIC) de 1968. E a dupla apresenta rimas e cenas impactantes com críticas ao atual cenário sócio-político brasileiro, afinal nosso país não é para amadores. “Escolhemos Bacurau como pano de fundo porque traz essa representação do que é ser brasileiro e como as figuras em cargos de poder não nos representam enquanto coletivo”, explica Hot. A voz de Caetano Veloso surge em fragmentos de sua “Presença”, assim como a do cantor e compositor Nelson Ned em “Domingo”. As duas faixas estão no álbum “Crianças Selvagens”. Hot e Oreia abusam do humor no clipe, mas o recado que fica é mais do que sério. Assistam:

 

Desmentindo geral

E a crítica política também aparece em “E Você Diz”, parceria de Frejat, Jards Macalé e o sempre saudoso Luiz Melodia, uma das faixas de “Ao Redor do Precipício”, mais recente álbum do ex-Barão Vermelho lançado em junho. Além de dividir os vocais com Frejat na música, Macalé também faz uma participação mais que especial como ator no clipe cujas imagens foram captadas respeitando o isolamento social dos artistas. O vídeo teve direção geral do Vento Estúdio (Fernanda Kassar e Priscila Lopes). “Você diz e eu desminto / tudo lindo tudo plano / a gente entrando pelo cano / você diz e eu desminto / ou toca flauta ou chupa cana / é marginal ou é banana”, avisam os versos iniciais da visceral canção que detona os detentores do poder. A gravação da música contou com os co-produtores do álbum Kassin (baixo), Humberto Barros (teclados e sintetizadores), Maurício Negão (guitarra) e as colaborações de Pupilo (bateria), Carlos Malta (flautas) e Leonardo Reis (percussão). Além de cantar, Frejat tocou guitarra, violão e percussão eletrônica e Jards Macalé, violão de nylon. Confira o clipe:

Há motivos pra chorar

Não bastasse ser jornalista competente e uma baita pesquisadora musical, Chris Fuscaldo é cantora e compositora. “De Que Tens Medo” é uma canção carregada de emoção. Fala da avó da artista que sofre de Alzheimer e está com a memória comprometida e e integra o repertório do álbum “Mundo Ficção”. Mas a história e as lembranças são mais do que reais. “Neste clipe, roteirizado por mim e dirigido por Cristiano Cardoso, sou eu quem desnudo as memórias de Moema Fuscaldo em sua própria casa. Minha avó ainda vive e, apesar de não se lembrar de muita coisa, reconheceu-se em seu próprio quadro e chorou ao assistir ao vídeo pela primeira vez. ‘Há motivos pra chorar’, canto eu”, revela a artista, cuja carga emotiva transborda neste vídeo delicado que transmite até o cheiro daquele armário de vó… O clipe está entre os semifinalistas do Prêmio Profissionais da Música 2020. A produção produção musical e o arranjo da faixa são de Juan Cardoni:

 

Uma ode à saudade

Composta tendo como fio condutor a saudade das pessoas e das estradas, “Ibirapuera” – novo single da banda brasiliense Ellefante – ganha novos significados neste ano pandêmico. Unindo a atmosfera de sonho da música, o grupo celebra o encontro e o amor num vídeo bem humorado sobre aquelas noites de bebedeira.  O Ellefante é um trio formado pelo vocalista e guitarrista Fernando Vaz, pelo baixista Adriano Pasqua e pelo baterista João Dito. Convidado a fazer a sua primeira tour internacional na Alemanha, em 2017, o grupo gravou seu primeiro álbum, “Mansidão”, no ano seguinte. A faixa tem produção da própria banda e mixagem e masterização de Pasqua. Assistam com a gente:

 

Deixe uma resposta