Videoclipes

Plataforma de Lançamentos – nº 6

Na sexta edição da Plataforma de Lançamentos chegamos com a alegria forrozeira de Geraldo Azevedo, que acaba de lançar álbum ao vivo para encher nosso junho de astral elevado. Do novo EP de Guilherme Schwab extraímos uma interessante releitura para a clássica “Tocando em Frente”, de Renato Teixeira e Almir Sater. E completamos a lista com dois trabalhos autorais de duas bandas de indie rock brazuca: os Playmoboys e Whipallas.

Forrozando com Geraldo Azevedo

Estamos em junho! E não existe junho em arraiá. Com ou sem pandemia, Geraldo Azevedo põe a gente para arrastar o pé a noite toda com seu mais novo álbum, “Arraié de Geraldo Azedo”, gravado ao vivo no ano passado no Circo Voador. Acompanhado por Junior Xanfer (guitarra), Toninho Tavares (baixo), Marquinhos Diniz (teclados), Cesar Michiles (sax e flauta), Johnanthan Malaquias (sanfona), Hortelino Batera (bateria), Jerimum de Olinda e Tiago Azevedo (percussão) Clarice Azevedo, Lucas Amorim e Mariá Pinkusfeld (vocais), Geraldinho mostra toda a alegria do forró nesta versão estendida da inedita “Já Que o Som Não Acabou (Geraldo Azevedo e Geraldo Amaral) mesclada com dois clássicos: “O Canto da Ema” (Alventino Cavalcante, Ayres Vianna e João do Vale) e “Sebastiana” (Rosil de Assis Cavalcante)”. Veja aqui e fique pado se for capaz:

Releitura que deu (muito) certo

Todo cuidado é pouco quando se decide fazer uma releitura de canções consagradas e hiper conhecidas do público, que já está acostumado com suas gravações tradicionais. O cantor e compositor Guilherme Schwab não se fez de rogado e colocou um tempero pop-folk na lindíssima toada “Tocando em Frente”, um mega sucesso de Renato Teixeira e de Almir Sater que ganhou uma gravação definitiva de Maria Bethânia. Schwab conta ter feito esta versão para um programa no Multishow e que ela recebeu as bençãos do genial Renato Teixeira. Ao lançar novo EP, Schwab gravou a a faixa em estúdio usando em sua introdução o exótico didgeridoo, um instrumento típico dos aborígenes australianos que lembra muito o berrante do Pantanal mas é feito com troncos ocos de árvores mortas. Veja aqui a versão ao vivo de “Tocando em Frente” com Guilherne Schwab e banda:

Nostalgia praiana

Composta durante a querentena, a faixa “Na Praia” é o novo single do Playmoboys, banda nascida em Campos dos Goytacazes. A banda volta a compor em português e, num clima saudosista, lembra neste lyric video as coisas boas que o contato com o mar nos traz. “Queria homenagear a praia de Geribá nessa letra. Onde vivi tempos incríveis e histórias que nunca esquecerei” conta Conrado Muylaert, vocalista e autor da baladinha com temperos de surf music. “Essa música foi feita nesse difícil período de quarentena. Não há um só dia que não sinto saudades de estar na praia, e assim, quis fazer algo positivo, com clima bem pra cima” comenta. Além de Conrado, os Playmoboys são Barreto (bateria), Leo Nominato (baixo) e Bernardo Arenari (voz/synths). Enter no clima saudosista de “Na Praia”:

O Indie balançante do Whipallas

“Hi, Everyone” é primeiro dos três singles previstos antes do lançamento do primeiro álbum do quarteto carioca Whipallas.  Nas plataformas digitais desde 5 de junho, dia mundial do meio ambiente, a faixa é um indie rock dançante permeado por uma linha de baixo com referências funkeadas. Assinado pela designer Natália Tanus, o clipe com as letras em inglês (uma marca da banda) faz menções diretas aos vídeos típicos de karaokê e traz mensagens de atenção ao planeta. O Whipallas é formado por Pedro Lenz (vocal e guitarra), Luis Antônio Rodrigues (guitarra e teclado), Jayme Monsanto (baixo) e André Coelho (bateria). Confira “Hi, Everyone”:

 

 

Deixe uma resposta