Uncategorized

Reciclando o lixo ocidental nos 78 anos de Milton Nascimento

Milton Nascimento
Artistas do coletivo ECPC recriam ‘para Lennon & McCartney’

Nada melhor para um artista do que chegar aos 78 anos e saber que sua obra é amada e conhecida pelas novas gerações. Milton Nascimento é aquele que sabia muito bem que todo o artista tem de ir aonde o povo está. E neste aniversário do querido Bituca, o mais mineiro dos cariocas, os jovens artistas do canal Em casa Pela Causa (ECPC) lançaram nesta segunda (26) uma releitura da canção “Para Lennon e McCartney”, um hino dos anos 1970.

Menos de um mês desde o lançamento da canção “Em Causa” nas redes, o projeto multiartístico Em Casa Pela Causa apresenta versão para a canção de Lô Borges, Márcio Borges e Fernando Brant eternizada na voz de Milton no lendário álbum “Clube da Esquina”.

Explorando o conceito de “lixo ocidental” para definir a arte feita na América do Sul, segundo a canção, o ECPC buscou no clipe valorizar a cultura feira por nós trazendo participações do palhaço Lixolino, da artista visual Gabi Artz e do designer baiano Rodrigo Habib. “Para Lennon e McCartney”, destacam os idealizadores do projeto – Luiz Tristão (Tristo) e Renato Wertheimer – reflete o propósito de união e valorização da rate justmanet num momento em que ela parece encontrar-se emparedada e asfixiada por governos que não lhe dão valor. “Esse é um lançamento muito especial. Temos muito carinho pelo Milton e pelos compositores dessa grande canção, que é um marco da nossa cultura. Sem falar que mesmo tendo sido composta na década de 70, a música ainda tem uma mensagem super atual, de valorizar a nossa arte e os nossos artistas. Essa releitura foi uma forma que encontramos de fazer tanto uma homenagem para estes artistas, para a arte e para a cultura brasileira, quanto uma crítica ao pouco reconhecimento e importância que às vezes atribuímos a um dos nossos principais patrimônios”, explica Renato.

Com 58 anos de carreira e mais de 30 álbuns lançados, Milton Nascimento é um dos maiores expoentes da música brasileira. A geração do Clube da Esquina transformou e reposicionou a música brasileira no mercado internacional e Milton tornou-se uma das maiores referências musicais brasileiras no exterior. Assistam o clipe:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

2 thoughts on “Reciclando o lixo ocidental nos 78 anos de Milton Nascimento

Deixe uma resposta