Rock

‘The Lyrics’, livro de Paul, trará letra inédita dos Beatles

The Lyrics
A apresentação dos dois volumes de 'The Lyrics', já em pré-venda
A apresentação dos dois volumes de ‘The Lyrics, já em pré-venda

O cantor compositor Paul McCartney anunciou que vai incluir uma letra nunca antes vista dos Beatles em uma obra literária que será publicada em novembro. Com o nome “The Lyrics”, esse livro baseado em conversas do cantor com o poeta Paul Muldoon, vai reunir 154 composições de toda a sua carreira, desde 1956 entre elas, “Tell Me Who He Is”, a canção inédita da banda. O manuscrito da letra foi encontrado em um dos cadernos do artista, que no livro diz acreditar que a obra seja datada do início dos anos 1960.

Na última semana, o ex-beatle revelou a lista completa das canções desses volumes definidos como um autorretrato, que sairão pela editora Allen Lane. Entre elas estão “Blackbird”, “Live and Let Die”, “Hey Jude”, “Band on the Run” e “Yesterday”, e todas acompanharão um comentário do cantor sobre como as canções foram criadas, oferecendo ao leitor um valioso depoimento sobre o processo criativo por trás da mais famosa banda da história do rock.

Os dois grossos volumes de ‘The Lyrics” vão incluir ainda outros itens dos arquivos pessoal do astro, como fotografias pessoais, outros manuscritos de composições, rascunhos e desenhos inéditos. A publicação chegará às livrarias no dia 2 de novembro pela editora Liverlight e já se encontra em pré-venda pelo valor de US$ 100 (cerca de R$ 540 no câmbio atual). Ah, Paulo Guedes!!!!

O manuscrito da letra de 'Good Day Sunshine' estará em 'The Lyrics'
O manuscrito da letra de ‘Good Day Sunshine’ estará em ‘The Lyrics’

“Mais frequentemente do que posso contar, me perguntam se eu escreveria uma autobiografia, mas a hora nunca foi certa”, explica Paul. “A única coisa que sempre consegui fazer, seja em casa ou na estrada, é escrever novas músicas. Sei que algumas pessoas, quando atingem uma certa idade, gostam de ir a um diário para relembrar acontecimentos do dia-a-dia do passado, mas eu não tenho esses cadernos. O que eu tenho são minhas canções, centenas delas, que aprendi que servem praticamente ao mesmo propósito. E essas músicas abrangem minha vida inteira”, comenta o músico.

Vencedor do prêmio Pulitzer, o poeta norte-irlandês Paul Muldoon contou ao jornal britânico The Guardian que o livro foi baseado em uma série de encontros que ele e paul McCartney tiveram ao longo de cinco anos, durante os quais discutiram o contexto e os processos das músicas de Paul, hoje com 79 anos.

Apesar da pandemia, o ex-beatle vem mostrando produtividade e lançou em dezembro do ano passado um álbum de estúdio com canções inéditas. “McCarrney III” recebeu muitos elogios da crítica, revelando que Paul segue em íntimo contato com o talento.

Deixe uma resposta