MPB

A volta dos joias raras – Festival online chega à 5ª edição neste domingo

Miltinho, do MPB4

Por mais que alguns artistas se esforcem por produções esmeradas e tentem reproduzir, ao máximo, o clima de suas apresentações ao vivo, as lives ganharam destaque por mostrarem cantores e músicos em momentos de intimidade, dentro de suas casas. E esse é o espírito de um do Festival Joia Rara de Vozes e Violões, um evento online de qualidade inquestionável. Pois, o Joia Rara chega neste domingo, a partir das 10h, a mais uma edição – quinta – promovendo 12 horas de boa música e interpretações de tirar o fôlego, mas sem nos levar ao respirador artificial. As lives serão transmitidas a partir do perfil de cada artista.

O baiano Cézar Mendes - Foto: Divulgação
O baiano Cézar Mendes – Foto: Divulgação

“Chegamos longe!”, resume o cantor e compositor Moyseis Marques, curador do festival, animado com o time que reuniu para este fim de semana. A novidade será o Papo Joia, uma mini entrevista em que Moyseis e um artista convidado trocam ideias sobre o processo de criação do compositor e a sua relação com o violão. E a atração será o baiano Cézar Mendes (@festivaljoiarara), que acumula parceiros de peso na MPB como Arnaldo Antunes, Caetano Veloso, Chico Buarque e Marisa Monte, entre outros.

Moyseis (@moyseismarques) abre o festival às 10h, seguido por Lucas Bueno (@lucasbuenooficial). Valéria Oliveira (@valeriaoliveiramusica) e John Mueller (@johnmuelleroficial), que se apresentam às 11h, 12h e 13h, respectivamente, na condição de apostas do curador. Além de Cézar Mendes, há outros mestres nesta edição: Miltinho, do MPB 4 (@miltinhompb4), faz a sua primeira live às 17h, e Celso Fonseca (@celsofonseca) traz o seu “cool brazilian jazz”, às 20h. Já Lui Coimbra (@luicoimbra), violoncelista das mais lindas gravações da MPB, vem às 16h com a sua voz e violão burilados no premiado espetáculo “Viola Perfumosa”, uma homenagem à Inezita Barroso.

Daniel Gonzaga - Foto: Divulgação
Daniel Gonzaga – Foto: Divulgação

Antonia Adnet (@antoniaadnet), às 15h, e Anna Paes (@annapaes), às 18h, trazem sofisticação e delicadeza ao festival, que se completa com o neto de Luiz Gonzaga e filho de Gonzaguinha: Daniel Gonzaga (@danielgonzaga_oficial), às 19h. Matheus VK (@matheusvk) encerra as 12 horas de lives às 21h, cantando suas músicas e hits do bloco carnavalesco Fogo e Paixão.

“O Joia Rara já tem um selo de qualidade musical conquistado, e, modestamente, se reserva ao direito de dar oportunidades a experientes artistas que muitas vezes estão fora do nosso espectro de visão. Este selo também se estende ao público, que entende o festival como uma vitrine de música boa, e está sempre disponível a sair de sua zona de conforto e adicionar algo mais ao seu conhecimento musical”, explica o curador que, a cada edição, faz questão de  lembrar de gente boa escondida por aí em tempos de isolamento.

E o festival mantém a engrenagem de produção original que funciona através de um chapéu virtual, com contribuições do tamanho dos bolsos e dos desejos do público. “Enquanto tivermos fôlego, vamos continuar”, arremata Moyseis, que revela não ter mais como pensar nos domingos sem esse farto banquete de 12 horas de música, com tanta diversidade de paisagens sonoras, estilos e timbres reunindo talento, musicalidade, paixão e poesia em clima intimista.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *