MPB

André Abujamra e as canções ‘Duzoutruz’

André Abujamra - Foto: Mustafa_Seven
Capa do EP ‘Duzoutruz’, o primeiro volume do álbum homônimo – Foto: Divulgação

Você talvez já o tenha visto nos palcos como músico. Ouvido alguma de suas trilhas sonoras para a TV ou cinema. Ou talvez como ator no teatro ou no cinema. Cantor, compositor, multi instrumentista, produtor musical, ator, diretor de teatro e cinema, André Abujamra já abraçou vários projetos coletivos ou solo e sempre tem tempo para mais e mais criações. Depois de lançar dois projetos musicais no pandêmico 2020 (“Emidoiná – A Alma de Fogo”  e  “AbcyÇwÖk”, com o mineiro John Ulhoa, do Pato Fu), o artista de sete fôlegos está mergulhadona ilha de mixagem para lançar em agosto “Duzoutruz Volume 1”, um álbum de intérprete no qual pretende mostrar as músicas que fazem parte da playlist de sua vida.

Multi-artista e um dos principais nomes da música alternativa brasileira há pelo menos 40 anos, ele recriou “Saiba”, de Arnaldo Antunes, e agora se volta para a obra de Gilberto Gil, Chico César e Itamar Assumpção em um EP com parte do repertório do disco. O lançamento, que chega com um clipe animado para “Béradêro”, que você assiste aqui:

Durante a pandemia e a finalização do seu último disco solo, “Emoidoná – A Alma de Fogo”, André se dedicou a uma nova empreitada. “Já tinha terminado meu último disco e a ideia surgiu quando fiz uma versão simples de ‘Saiba’ para um post do Instagram. As pessoas gostaram e daí deu um clique: nunca havia gravado oficialmente músicas ‘duzoutroz’ como intérprete. E me deu uma vontade enorme de seguir gravando outros compositores que admiro muito. Fui lembrando de músicas que sempre gostei e foi saindo uma lista boa. O critério de decisão foi descobrir o que me tocava o coração”, conta.

Agora ele apresenta mais três canções: a clássica “Refazenda”, do álbum de mesmo nome lançado em 1975 por Gilberto Gil; “ Béradêro”, lançada por Chico César em 1995 e que é recriada com um clipe; e “Mulher Segundo Meu Pai”, de Itamar Assumpção, lançada em 2011 na voz de sua filha Anelis. Confira o resultado do EP que antecipa parte do repertório de ““Duzoutruz Volume 1”:

“Chico César é um amigo que admiro demais e esta faixa é um canto do fundo da alma. Já ‘Refazenda’ é uma música do Gilberto Gil que não sai da minha cabeça desde a primeira vez que ouvi. Acho incrível a construção de palavras e imagens dessa música. E por fim ‘Mulher Segundo Meu Pai’, do mestre Itamar Assumpção, por quem tenho um carinho muito grande por tudo o que ele representa na música brasileira”, revela Abujamra, que toca todos os instrumentos do trabalho e assina a mixagem.

Filho de Antônio Abujamra, gigante do teatro brasileiro, André Abujamra se firmou como uma das grandes mentes criativas da cena musical brasileira.  Ele começou a se destacar em nível nacional nos anos 1980 com o duo Os Mulheres Negras, ao lado de Maurício Pereira. Nos anos 1990, estreou como líder, guitarrista e vocalista da cultuada banda Karnak. E ainda arruma tempo para tocar seus projetos experimentais como o AbcyÇwÖk, Fat Marley e Turk, além de trabalhar para dezenas de trilhas sonoras para cinema e TV.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *