Rock

‘McCartney III’ terá versão de covers e remixes

McCartney III

Mal acabou de lançar o já histórico álbum “McCartney III”, o eterno beatle debruçou-se um novo projeto. Trata-se de “McCartney III Imagined”, que traz remixes e covers de todas as 11 faixas do disco que Paul McCartney concebeu, produziu e gravou de casa durante o seu período de isolamento social. O álbum tem previsão de lançamento para 16 de abril, mas Sir Paul já antecipou dois singles: “Kiss of Venus”, com interpretação de Dominic Fike (veja o clipe abaixo):

e “Find My Way”, que traz a participação de Beck. Ouça:

O cantor também disponibilizou em seu canal do YouTube um trailer do álbum em que anuncia todos os artistas convidados para o novo projeto e já avisa qual é a filosofia do novo trabalho. “Ok, junte tudo isso e agora faça ao contrário”, disse, no estúdio com seu habitual bom-humor.

Paul, durante as gravações de 'McCartney III' - Foto: Divulgação
Paul, durante as gravações de ‘McCartney III’ – Foto: Divulgação

Com curadoria pessoal do próprio Paul, “Imagined” apresenta uma variedade de amigos, fãs e novos conhecidos, cada um reimaginando com seus próprios estilos seus momentos favoritos de “McCartney III”. Entre eles, além de Beck e Fike, estão Damon Albarn, St. Vincent, Blood Orange, Anderson .Paak, Phoebe Bridgers,  Khruangbin, Josh Homme (Queens of Stone Age) e Idris Elba, entre outros. O resultado é uma reinterpretação caleidoscópica, bem ao gosto do astro que tem gosto pessoal por múltiplas colaborações e sempre se mostra aberto ao novo.

Durante a pandemia, Paul McCarney se isolou em uma fazenda em East Sussex, no litoral sudeste da Inglaterra. O ex-beatle conta que pegou um rascunho de música que tinha consigo há pelo menos 30 anos e passou a escrever. Compôs e gravou sozinho. De repente, tinha diante de si, um novo álbum.

Apresentado em 11 de dezembro, “McCartney III” marca uma sequência absolutamente genial iniciada por “McCartney” (1970) e continuada em “McCartney II” (1980) em que o artista fez absolutamente de tudo em seu estúdio doméstico: compôs, produziu os arranjos, tocou todos os instrumentos e cantou.

Gravado durante o período de isolamento social imposto pela pandemia, o disco capta as imagens fiéis dos modos e humores que vivemos nesses tempos de covid. Não tenho dúvidas de que em “Imagined” Sir James Paul McCartney marcou outro encontro com a perfeição. E para novembro, Macca lançará um livro. “The Lyrics: 1956 to the Present” fala de sua trajetória sob as lentes de 154 canções das várias fases de sua carreira.

Leia mais em:

McCartney III – o solo dos solos de Sir Paul

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *