JazzMemóriaMPBVideoblog

O Arranjo – nº 6 – Samba de Uma Nota Só

o arranjo

Por Flávio Mendes

Neste episódio da série O Arranjo analisamos a instrumentação que o maestro alemão Claus Ogerman escreveu para “Samba de uma Nota Só”, na gravação de Tom Jobim no disco “The Composer of Desafinado, Plays”, de 1963, que foi lançado no Brasil pela Elenco. Esse álbum é fundamental porque formata o som da Bossa Nova no mundo, um frescor para a música em toda parte. “Samba de uma Nota Só” foi a primeira canção que o Tom cantou no famoso concerto de Bossa Nova no Carnegie Hall, em 1962. O programa mostra ainda a invasão bossanovística em terras norte-americanas no início dos anos 1960, fala da tal influência do jazz na música brasileira e de como a Bossa Nova viria a influenciar o jazz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *