MPB

Pietá e suas ‘orações’ em modo hard

O trio Pietá

O nome Pietá remete imediatamente à imagem de Maria tendo ao colo o filho Jesus morto. Seja nas pinturas da cena sacra ou na escultura clássica de Michelângelo, o amor de Maria revela-se como um desespero contido. Formado em 2011, o trio Pietá formado por Juliana Linhares (voz), Frederico Demarca (violões) e Rafael Lorga (bateria) é o contraponto deste episódio. É aquele grito dilacerado que não tem medo de se expor até porque precisa fazê-lo para expressar todas as angustias do mundo de hoje. Assim é Santosossego, segundo álbum do grupo e sua vigorosa poesia de protesto, que terá show de lançamento nesta quarta-feira (30), no Teatro Firjan Sesi Centro. 

E este grito chega amplificado no mais novo trabalho da banda, guardando diferenças sonoras e conceituais em relação a Leve o que Quiser (2015), o álbum de estreia. O Pietá teve início em 2011, quando Juliana, Frederico e Rafael que estudavam teatro na Uni-Rio juntaram-se para tocar algumas canções. “Nós três tínhamos ligação anterior com a música e quando soubemos disso nos juntamos para beber um vinho e levar um som”, recorda a potiguar Juliana, que chegou no Rio para seguir seus estudos cênicos.

Um bom vinho e um violão

Frederico Demarca, Juliana Linhares e Rafael Lorga formam o trio Pietá - Foto: Elisa Mendes/Divulgação
Frederico Demarca, Juliana Linhares e Rafael Lorga formam o trio Pietá – Foto: Elisa Mendes/Divulgação

Como na velha máxima de Cícero (In vino, veritas, no vinho, a verdade em latim), os três se descobriram musicalmente. “Rafael e Fred já tinham algumas canções que imediatamente colocamos no nosso repertório e e íamos compondo outras. Leve o que Quiser é justamente um registro desse período com muita diversidade. E Santosossego é mais orgânico nesse sentido”, compara. A formação acústica foi sendo deixada mais à parte para atingir novos públicos. Saímos de pequenas salas de concerto para espaços mais abertos em que o Frederico ficava com o braço dolorido para tentar extrair mais potência e eu forçava muito a voz”, explica a cantora.

A voz de Juliana, aliás, é um dos ponto a merecer destaque no Pietá. Potente, bem modulada e de sílabas nítidas, mal parece sair do aparelho vocal de moça tão miúda. Tanto nos registros de estúdio quanto nos palcos, ela soa com força expressiva como em Suçuarana (Demarca e Iara Ferreira) em que a mulher violentada e diminuída em sua essência precisa virar fera tal qual a onça nordestina. “Suçuarana / Foi quem me fez aprender a valentia / Quanto é matar ou viver”, canta Juliana na simbiose mulher/onça como vocês podem ver no vídeo abaixo:

Como viver tranquilamente em meio ao caos?

Capa do CD 'Santosossego', segundo trabalho do trio Pietá - Foro: Reprodução
Capa do CD ‘Santosossego’, segundo trabalho do trio Pietá – Foro: Reprodução

Lançado em fins de maio e produzido por Jr. Tostoi, Santosossego recebe as participações de vozes da novíssima geração da MPB que vem pedindo passagem como Josyara, Ilessi, Livia Nestrovski, Khrystal e Caio Prado. “Como viver tranquilamente conhecendo o caos ao redor?”, questiona Juliana, falando abertamente contra a onda moralista, aliás falsa moralista, que apeou de saltou dos porões do ódio e preconceitos para os palácios.

E o desafio de sobreviver em meio a tanta mediocridade e está em canções como Pietá (Frederico Demarca e Renato Frazão) ou Iara Ira (Demarca e Renato Frazão). Oração pra Luzia é a primeira parceria entre Juliana, Frederico e Rafael é um devaneio poético nascido sob as cinzas do incêndio no Museu Nacional, que, ais que um acidente, simbloiza um atentado à ciência, à cultura e saber. Jabaculê (Demarca) soa como um tapa debochado na cara dos falsos moralistas com citações de trechos d’O Evangelho segundo Jesus, Rainha do céu, da dramaturga inglesa Jo Clifford, que fala de um Jesus mulher, heresia das heresias para alguns.

No palco, a formação original do Pietá ganha o reforço de Elísio Freitas no baico. Antes de chegar ao Rio, a turnê de lançamento de Santosossego já passou São Paulo, Porto Alegre e Belo Horizonte. A partir de janeiro, planejam levar o espetáculo para cidades do Nordeste e Belém. Co

Serviço

Pietá – Show de lançamento do CD Santosossego
Teatro Firjan Sesi Centro (Rua Graça Aranha, 1, Centro)
30/10, às 19h – Ingressos: R$ 34 e R$ 17

One thought on “Pietá e suas ‘orações’ em modo hard

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *